segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Por quê Jesus ainda não voltou?



Esta pergunta provavelmente já passou pela cabeça da maioria dos cristãos. Há mais de 1 500 profecias sobre a segunda vinda de Jesus, registradas na Bíblia. Para cada profecia sobre a primeira vinda de Jesus no Velho Testamento, há oito que predizem a Sua segunda vinda. Em média, a volta de Jesus é mencionada uma vez a cada cinco versículos do Novo Testamento. Ora, se a Palavra de Deus defende tal tese com tanta veemência, o que está errado?
Bom, o que vemos é que Jesus afirmou que viria, que ninguém sabe quando, além de Deus, e que haveriam sinais e condições para que Ele voltasse. Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21 registram o que Jesus disse sobre o tema. Sabemos que Jesus é longânimo e espera com amor para que tantos quanto possíveis sejam salvos (2 Pe. 3:9), mas existe uma parte desta profecia na qual temos participação: “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim”(Mt 24:14). Nós, como Cristãos fomos incumbidos da nobríssima tarefa de levar outros pecadores como nós a Cristo para que, como nós, sejam transformados pela graça maravilhosa de Cristo e tenham a Paz que nós temos.
Mas então, porque Jesus ainda não voltou? Porque o evangelho não alcançou todo o mundo. E a pergunta que não podemos deixar de fazer é: por quê?
O que precisamos entender é que cada um de nós é uma peça fundamental na tarefa de levar Cristo a todo o mundo. Jesus voltará quando nós, como Seu povo, e em especial nós como jovens cristão, decidirmos levar Cristo a todo o mundo. Precisamos tirar de nossas cabeças a idéia de que pregar é trabalho dos pastores e o nosso é mantê-los financeiramente para que cuidem de nossas vidas espirituais e da obra de pregação. Isso é muito confortável e fácil, mas não é este o plano de Deus. Não podemos nos conformar com este mundo, amando a vida aqui. Precisamos entender que Deus tem a vida eterna para nós com perfeita alegria. Vamos nos conformar com esta vida pálida e cheia de dor? Nunca! Seu plano é que TODOS sejam Seus ministros, todos sejam a luz do mundo, todos sejam o sal da Terra. Se isso não acontecer, jamais veremos Cristo voltar, jamais veremos o Céu.
Precisamos nos organizar. Precisamos nos preparar, desenvolvendo um caráter como o de Jesus e acumulando conhecimento dEle. Conhecendo-O poderemos levá-lo ao mundo que não O conhece. Reunâmo-nos em nossas associações de jovens, não gastemos mais tempo em diversões mundanas e na satisfação do próprio ego. Conversemos sobre o amor de Cristo, sobre como evangelizar o mundo. Não demos todo o foco de nossas vidas às coisas banais e de menor importância. Pense: quantos JAs você já viu sobre sexo, cinema, vaidade, etc.? E quantos já viu sobre evangelismo, sobre como nós jovens podemos pregar melhor o evangelho, sobre técnicas de evangelismo? Não estou dizendo que estes outros temas são sem importância. São muito relevantes e precisamos chegar a conclusões sobre isso, mas qual a proporção com a qual os discutimos comparado à maior obra de nossas vidas?
Tentando ainda responder o porquê de Jesus não ter voltado nos questionamos: se esse desejo de levar o evangelho deve estar em cada Cristão, em cada jovem para ser a luz do mundo, por que não o somos? Primeiramente, somos aquilo que contemplamos, logo, se não contemplarmos a Cristo, nunca desenvolveremos um caráter como o dEle para levá-Lo ao mundo. Em segundo lugar, mas que automaticamente vem junto do contemplar a Jesus, precisamos decidir segui-Lo. Precisamos considerá-lo a maior prioridade de nossas vidas.
Enquanto nós continuarmos preocupados com nossas próprias vidas, tendo como principal preocupação nossos interesses pessoais como nossos estudos, trabalho e prazer, jamais levaremos Jesus a todo o mundo. Não estou dizendo que estas coisas não são importantes e que devemos ignorá-las, mas devemos usá-las para honrar a Cristo! Devemos trabalhar bem e tirar boas notas para mostrar ao mundo que Deus abençoa Seu povo, mas o que precisamos por em nossas mentes é que Deus nos levou até nossos trabalhos e escolas apenas para que conhecermos pessoas e as levemos a Ele. Ele pode nos prover de tudo o que precisamos, não seria necessário o trabalho, mas é Seu plano que, no convívio uns com os outros mostremos ao mundo quem é este Deus tão maravilhoso que conhecemos.
Quando decidirmos ponderar sobre isso e, entregar-nos a Cristo para servi-Lo, e não a nós mesmos, então rapidamente o evangelho alcançará todo o mundo. Não deixe a decisão para mais tarde, pode ser tarde de mais.

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Erlon Andrade disse...

A apostasia está aí para quem quiser ver, assim sendo, o anti cristo também.
Dessa maneira............"Breve venho"!

10 de outubro de 2011 06:39  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial